Malveira | Workshop “As histórias não têm grades”

Está a decorrer hoje, 6 de março, na Escola Básica e Secundária Professor Armando de Lucena, na Malveira, o workshop: “As histórias não têm grades”: o relacionamento entre pais reclusos e os seus filhos“.

Este é um workshop de disseminação de práticas europeias de intervenção através de narrativas no contexto prisional, sendo direccionado a técnicos de reinserção, docentes, psicólogos e técnicos de intervenção na família, técnicos de serviço social e de saúde pública, artistas, voluntários do sistema de justiça criminal e a todos os interessados na temática relativa ao impacto da reclusão nas famílias e nas crianças.

O evento é promovido pela A Cultiv – Associação de Ideias inserindo-se no projeto “A Poesia não tem grades”, um projeto que desde 2003 tem percorrido diversos estabelecimentos prisionais do país, “promovendo a inclusão social através da literatura e da experimentação artística”.

A ação que hoje decorre na Malveira sendo parte da iniciativa “PARTS – Parentalidade através da Arte”, financiada pelo programa ERASMUS +.

O programa da manhã contou com uma apresentação relativa ao modo como trabalham estas instituições que aproximam os reclusos das suas famílias “ O projeto PARTS: da teoria à prática” por Filipe Lopes (CULTIV – Associação de Ideias para a Cultura e Cidadania) e com 3 conferências a cargo de Mário Henrique Gomes (director da AEPAL), Clara Castilho (psicóloga e antigo membro da Direcção do Centro Dr. João dos Santos) e de Armando Leandro (juiz jubilado, antigo presidente da Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens em Risco).

A tarde será dedicada às seguintes Práticas de Intervenção:

A Poesia não tem Grades (Portugal)
Corrymeela (Irlanda)
StoryBook Dads (Reino Unido)

 

[Imagem: AEPAL]

Leia também