O 7º caso suspeito de infeção por novo Coronavírus em Portugal deu negativo

Ontem, a Direção-Geral da Saúde identificou um novo caso suspeito de infeção por novo Coronavírus (COVID-19) em Portugal.

Este 7º caso suspeito de infeção era “uma criança regressada da China”, que foi encaminhada para o Hospital Dona Estefânia, o Hospital de Referência Pediátrico para estas situações.

Ainda ontem, a DGS informou que o 7º caso suspeito de infeção por novo Coronavírus (2019-nCoV) em Portugal “resultou negativo após realização de análises laboratoriais pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), com duas amostras biológicas negativas”.

Até ao momento, em Portugal, foram detetados 7 casos suspeitos, todos eles negativos.

Termina hoje o período de isolamento profilático voluntário de 14 dias dos 20 cidadãos repatriados que se encontram nas “instalações dedicadas para o efeito, no Hospital Pulido Valente (Centro Hospitalar de Lisboa Norte)”.
Todos eles foram ontem testados durante a manhã, e as duas amostras biológicas avaliadas foram negativas.

 

A nível mundial, segundo os últimos dados do ECDC, entre 31 de dezembro de 2019 e 15 de fevereiro de 2020, foram confirmados em laboratório 67 104 casos de COVID-19 e registaram-se 1 527 mortes.

Os países onde se registaram casos de infeção pelo novo Coronavírus são:

África: Egito (1).

Ásia : China (RPC) (66 493), Hong Kong (Região Administrativa Especial) (56), Macau (Região Administrativa Especial) (10), Singapura (67), Japão (38), Tailândia (34), República da Coréia (28), Taiwan (18), Malásia (21), Vietnã (16), Emirados Árabes Unidos (8), Índia (3), Filipinas (3), Camboja (1), Nepal (1) e Sri Lanka ( 1)

América : Estados Unidos (15) e Canadá (8).

Europa : Alemanha (16), França (11), Reino Unido (9), Itália (3), Espanha (2), Rússia (2), Bélgica (1), Finlândia (1) e Suécia (1).

Oceania : Austrália (15).

Outros : Casos com transporte internacional (Japão) (221).

 

Das 1 527 mortes registadas, 1 523 ocorreram na China, 1 em Hong Kong, 1 nas Filipinas, 1 no Japão e 1 em França.

Artigos Relacionados