Ciclismo| Atletas torrienses conquistam título de Campeões Nacionais de pista

Decorreram no fim de semana, no velódromo nacional de Sangalhos, na Anadia, as provas do campeonato nacional de pista.

Jaime Ambrósio e Sílvio Serrenho da Academia Joaquim Agostinho / UDO sagraram-se campeões nacionais de pista nas disciplinas de “eliminação” e “scratch” na classe M60.

Os atletas “inverteram os papéis para subirem novamente ao pódio e receberem as medalhas de prata das mesmas disciplinas”.
Mas as medalhas não terminaram por aqui para a equipa de torres Vedras uma vez que Carlos Esteves conquistou o título de vice-campeão M50 na disciplina de “scratch” e o júnior Daniel Gonçalves sagrou-se também vice-campeão na prova de “eliminação”.

A restante classificação dos ciclistas da AJA/UDO foi a que se segue.
Na classe júnior destaque para o 5º lugar obtido por João Ferreira na prova de “scratch”, onde Daniel Gonçalves foi 7º classificado. Na corrida “por pontos” a Academia torriense colocou 2 atletas no top 10, com Diogo Pinto no 8º posto e João Ferreira na posição imediata. Também nos 10 primeiros ficaram Diogo Pinto (6º) e Daniel Gonçalves (7º) na prova de “perseguição individual”.
Os cadetes por seu lado fizeram-se à pista de forma destemida e já se começa a notar uma evolução positiva. Realce para a 9ª posição de Afonso Hermenegildo na corrida por pontos, onde Rafael Andrade foi 13º classificado. Miguel Malhado, David Caixaria, Rafael Andrade e Afonso Hermenegildo formaram o quarteto de cadetes que viveram juntos a primeira experiência na competição de “perseguição por equipas”, concluindo o desafio no 6º lugar da classificação.

 

A equipa da Sicasal – Torres Vedras também esteve presente nos campeonatos nacionais de pista no velódromo nacional em Sangalhos.

Com apenas 18 anos, Diogo Narciso foi o elemento da equipa torriense em maior evidência, não apenas por ter sido o que alcançou melhor conjunto de resultados, mas porque na prova de “scratch” esteve muito perto de surpreender todos os adversários.
O jovem que ainda sonhou com o triunfo depois de garantir alguma vantagem e isolar-se na frente de corrida quando faltavam apenas 5 voltas para o fim, mas foi ultrapassado por uma concorrência mais forte e experiente na última curva quando faltavam apenas 100 metros para a meta final, terminou a prova na 8ª posição.
Wilson Esperança terminou na 7ª posição e Daniel Dias foi 12º a cruzar a meta.
Na corrida por pontos a classificação destes ciclistas foi: Diogo Narciso no 5º lugar, Daniel Dias, 6º e Wilson Esperança foi 9º.
Na disciplina de “perseguição individual” assistiu-se a mais uma vitória de João Matias, enquanto Narciso e Dias terminaram na 6ª e 7ª posições depois de terem sido protagonistas de um interessante duelo que resultou numa diferença entre ambos de apenas 100 milésimas de segundo.

Artigos Relacionados