PSD Mafra | Miguel Pinto Luz reúne com militantes na Ericeira – Opus Dei e Maçonaria estarão em discussão?

 

As eleições diretas para a presidência da Comissão Política Nacional (CPN) do PSD estão agendadas para o próximo sábado, 11 de janeiro. São 3 os candidatos que se apresentam a estas eleições: Rui Rio, Luís Montenegro e Miguel Pinto Luz.

Por esta hora, o candidato Miguel Pinto Luz estará a preparar-se para reunir com militantes e simpatizantes do PSD na sua sede na Ericeira para “debater o futuro do PSD e do país”.

O evento contará com um espaço para perguntas e respostas.

 

A Juventude Social Democrata de Mafra foi, até ao momento, a única estrutura local deste partido político a mostrar apoio a uma das três candidaturas que estão a disputar a liderança nacional do PSD.

Não tenho dúvida que estamos perante o líder da nova geração, quer pelo seu exemplo de liderança, quer pela sua proximidade aos jovens.” [Sílvia Sá Fernandes, JSD Mafra]

Miguel Pinto Luz é vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, câmara que tem à sua frente Carlos Carreiras, de quem Hélder Silva está reconhecidamente próximo.

Miguel Pinto Luz afirmou recentemente que não afasta a hipótese de diálogo com nenhuma força política representada no parlamento, depreendendo-se que não afasta negociar com o Chega, nem com o PCP ou o BE. As alegadas ligações do candidato à Opus Dei e à maçonaria têm sido tema de discussão durante esta guerra interna pelo poder no PSD, no entanto, o candidato parece ter afastado estas ligações, embora não negando ligações no passado, tendo afirmado ao Expresso, que “Estudei numa escola da obra e tenho muitos amigos do Opus Dei. Tenho respeito pela organização, mas não tenho qualquer ligação ao Opus Dei”, afirmando ainda, relativamente à Maçonaria, que “não têm influência nenhuma”, “Não tem. Não tem mais do que o Benfica. Não sou benfiquista, mas acho que o Benfica tem mais influência do que a maçonaria”. O jornal Diário de Notícias vai mais longe quando revela que”Miguel Pinto Luz foi maçon – mas entretanto aproximou-se de uma organização arqui-inimiga, o Opus Dei”.

Miguel Pinto Luz é licenciado em Engenharia Electrotécnica e Engenharia Informática, mais uma afinidade com Hélder Silva. Em representação da Câmara Municipal de Cascais tem desempenhado as funções de Administrador na Entidade Regional de Turismo de Lisboa. Foi  Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações num governo de Passos Coelho, um governo que acabou por durar 27 dias.

Não deixa de ser relevante, ter sido Miguel Relvas que, em setembro de 2017, numa entrevista que concedeu ao Expresso, quem lançou o seu nome como candidato à liderança do PSD.

 

[Imagens do FB de MPL]

 

 

 

Leia também