Portugal | Conheça todos os inscritos na Lista do Património Mundial da UNESCO

2019 está a ser, para o nosso País, um ano em cheio no que se refere a património.

Em julho foram inscritos dois novos bens portugueses na Lista do Património Mundial, o Real Edifício de Mafra – Palácio, Basílica, Convento, Jardim do Cerco, Tapada- e o Santuário do Bom Jesus do Monte em Braga, no mesmo dia foi aprovado o alargamento do sítio “Universidade de Coimbra. Alta e Sofia” (inscrito desde 2013) para incluir o Museu Nacional Machado de Castro.
Em novembro a UNESCO aprovou ainda o dia 5 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa.
Esta semana as “Festas de Inverno: Carnaval de Podence” viram a sua candidatura aprovada e inscrita na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Portugal tem neste momento 17 bens inscritos na lista do Património Mundial da Unesco e 8 elementos portugueses inscritos nas Listas da Convenção da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial.

A Lista do Património Mundial integra os seguintes 17 bens portugueses:

  • Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém em Lisboa (1983)
  • Zona Central da Cidade de Angra do Heroísmo nos Açores (1983)
  • Convento de Cristo em Tomar(1983)
  • Mosteiro da Batalha (1983)
  • Centro Histórico de Évora (1986)
  • Mosteiro de Alcobaça (1989)
  • Paisagem Cultural de Sintra (1995)
  • Centro Histórico do Porto, Ponte Luiz I e Mosteiro da Serra do Pilar (1996)
  • Sítios Pré-Históricos de Arte Rupestre do Vale do Rio Côa e de Siega Verde (1998 /2010) Floresta Laurissilva na Madeira (1999)
  • Floresta Laurissilva na Madeira (1999)
  • Centro Histórico de Guimarães (2001)
  • Alto Douro Vinhateiro (2001)
  • Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico (2004)
  • Cidade-Quartel Fronteiriça de Elvas e suas Fortificações (2012)
  • Universidade de Coimbra – Alta e Sofia (2013) (1)
  • Real Edifício de Mafra – Palácio, Basílica, Convento, Jardim do Cerco, Tapada (2019)
  • Santuário do Bom Jesus do Monte em Braga (2019)

 

Na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade encontram-se:

  • o “Fado, canção urbana popular de Portugal” (2011)
  • a “Dieta Mediterrânica” (2013)
  • o “Cante Alentejano, canto polifónico do Alentejo, sul de Portugal” (2014)
  • a “Falcoaria, património vivo da humanidade” (2016)
  • a “Produção de Figurado em Barro de Estremoz” (2017)
  • as “Festas de Inverno: Carnaval de Podence” (2019)

Encontram-se incluídos na Lista do Património Cultural Imaterial que necessita de uma salvaguarda urgente a “Manufatura de chocalhos” (2015) e o “Processo de Confeção da Louça Preta de Bisalhães” (2016).

 

A Lista do Património Mundial integra bens de valor universal excecional, o qual é aferido através do cumprimento de determinados critérios e de condições de integridade e de autenticidade, bem como da existência de um plano de gestão, por forma a preservar o valor excecional do bem e assegurar a sua proteção eficaz enquanto algo que é propriedade de toda a Humanidade.

 

(1) Em 2019 foi aprovado o alargamento do sítio “Universidade de Coimbra. Alta e Sofia” para incluir o Museu Nacional de Machado de Castro.

Artigos Relacionados