Em 2020 a OesteCim quer baixar o valor dos passes para Área Metropolitana de Lisboa

Com vista à redução do passes inter-regionais com a AML, em 2020, a Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim), decidiu solicitar ao Governo um reforço do Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART), na ordem dos 1,5 milhões de euros, de modo a conseguir praticar os seguintes valores:

70 Euros – Para os passes entre os concelhos limítrofes à AML
(Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral e Torres Vedras);

80 Euros – para os passes dos restantes Concelhos ou outras possíveis combinações, dependendo, naturalmente, da verba que seja consignada para as deslocações inter-regionais a atribuir pelo Estado Central no PART 2020.

Para conseguir aplicar este tarifário e poder reduzir a “diferença que atualmente é sentida pelos Oestinos” será “necessário acrescer mais 1.5ME no PART 2020, especificamente para estas deslocações, uma vez que temos de acomodar a redução dos 30% já aplicados e compensar o diferencial para os novos tarifários”.

A OesteCim refere que “cerca de 5000 pessoas se deslocam diariamente entre o Oeste e a AML” pelo que esta medida visa “mitigar o sentimento de falta de equidade sentido hoje pelas nossas populações em relação aos 40 euros aplicado aos passes sociais na AML, facto que este Conselho considera de vital importância”.

 

[Imagem- Barraqueiro]

Artigos Relacionados

Leave a Comment