Torres Vedras | O Concerto comemorativo dos 40 anos da Cidade já está esgotado 

PUB

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

Torres Vedras | O Concerto comemorativo dos 40 anos da Cidade já está esgotado

Realiza-se no próximo sábado à noite o Concerto comemorativo dos 40 anos da Cidade.
Os 1372 lugares do Pavilhão Multiusos, Parque Regional de Exposições, Torres Vedras, já esgotaram para assistir ao espetáculo “Carmina Burana”.

Data: 23 de novembro
Hora: 21h30…………………………………………… ESGOTADO
Local: Torres Vedras, Pavilhão Multiusos

“Carmina Burana é uma obra referencial e estreou na Ópera de Frankfurt, a 8 de junho de 1937. O título advém de um manuscrito do século XIII, encontrado em 1803 na Abadia de Benediktbeuren, o Codex Latinus Monacensis, a maior coletânea de poemas profanos do período medieval que chegou ao presente. Carl Orff escolheu 24 poemas do Codex Latinus Monacensis, em que o amor e a exuberância da vida estão à mercê do acaso. A cantata é emoldurada por um símbolo da Antiguidade — a roda da fortuna, girando eternamente, alternando entre a boa e a má sorte. É uma parábola da vida humana exposta a constante mudança. A composição de Orff rapidamente se tornou popular, “O Fortuna” (o movimento de abertura e de fecho) tem sido utilizado em vários filmes e eventos, tendo-se transformado na peça clássica mais ouvida desde que foi gravada. Orff optou por compor uma música inteiramente nova, embora no manuscrito original existissem alguns traços musicais para alguns trechos. Do ponto de vista musical, a monumentalidade sonora encontra-se na utilização do coro e da orquestra como grandes blocos harmónicos. Orff dispensou a polifonia e os desenvolvimentos temáticos. Todas as canções têm um refrão simples e de perceção imediata. O colorido sonoro é conseguido através de uma amplitude dinâmica constante, pelo diálogo entre vozes masculinas e femininas, e por um ritmo quase dionisíaco.”

Programa
1. I FORTUNA IMPERATRIX MUNDI
a. O Fortuna
b. Fortune plango vulnera

2. II PRIMO VERE
a. Veris leta facies
b. Omnia Sol Temperat
c. Ecce Gratum

3. III UF DEM ANGER
a.Tanz
b. Floret Silva Nobilis
c. Chramer, Gip Die Varwe Mir
d. Reie
e. Were Diu Werlt Alle Min

4. IV IN TABERNA
a. Estuans interius
b. Cignus ustus cantat
c. Ego sum abbas
d. In taberna quando sumus

5. V COUR D’AMOURS
a. Amor volat undique
b. Dies, noxe et omnia
c. Stetit puella
d. Circa mea pectora
e. Si puer cum puellula
f. Veni, veni, venias
g. In truitina
h. Tempus es iocundum
i. Dulcissime

6. VI BLANZIFLOR ET HELENA
a. Ave formosissima

7. VII FORTUNA IMPERATRIX MUNDI
a. O Fortuna

Ficha Técnica
Rita Marques, soprano
Carlos Monteiro, tenor
Armando Possante, barítono
Camerata Vocal de Torres Vedras
Banda dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras
emCANTUS, Associação Coral de Odivelas
Coro Municipal da Lourinhã
Coro infanto-juvenil EMLAMRF
António Gonçalves, direção de coros
Rui Silva, direção geral

Maestros por coro:
António Gonçalves, Camerata Vocal de Torres Vedras
Pedro Ferreira, emCANTUS
Carlos Alves, CML
Svetlana Dubceac, Coro infanto-juvenil EMLAMRF

Leia também