Torres Vedras | Plantação de árvores na Cidade e na Serra do Socorro

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

No próximo fim de semana vão ocorrer, inseridas na 10ª Edição Reflorestação Nacional, mais duas Plantação de árvores no Torres Vedras.

  • Dia 23 de novembro
    Das 10h00 às 12h30
    Local: Terreno municipal, junto à variante Poente (Parcela 4 e 5), Torres Vedras
    Esta ação consiste na plantação de árvores autóctones (retanchas) e manutenção de umas áreas arborizadas em edições anteriores.

Uma vez que a iniciativa tem como objetivo “envolver os agentes locais na preservação e manutenção das áreas florestais e sensibilizar para a importância da floresta”, entre os participantes vão estar Escuteiros de Torres Vedras, funcionários do Município e população em geral.

  • Dia 24 de novembro
    Das 10h00 às 12h30
    Local: Centro Interpretativo da Paisagem Protegida da Serra do Socorro e Archeira (ponto de encontro)

Esta ação consiste na florestação na Serra do Socorro, numa área localizada na Paisagem Protegida Local da Serra do Socorro e Archeira.

Uma vez que a iniciativa tem como objetivo “a população em geral na preservação das áreas florestais e sensibilizar para a importância da floresta junto da comunidade escolar”, entre os participantes vão estar alunos, pais e professores do 8º ano da Escola de São Gonçalo e a população em geral.

Na 6ª feira, 22 de novembro, entre as 09h30 e as 12h00, nos Viveiros Municipais de Torres Vedras irá decorrer uma ação de cedência de árvores (espécies autóctones/nativas) a todos os munícipes, escolas, associações e juntas de freguesia.
Os interessados terão direito a um máximo de 25 árvores, limitado ao stock existente, entre os limites das seguintes espécies: 10 pinheiros mansos (Pinus pinea), 1 alfarrobeira (Ceratonia siliqua), 1 amieiro (Alnus glutinosa), 3 azevinho (Ilex aquifolium), 2 carvalho-português (Quercus faginea), 2 carvalho alvarinho (Quercus robur), 1 sobreiro (Quercus suber), 1 azinheira (Quercusrotundifólia), 1 freixo (Fraxinus angustifolia), 4 medronheiro (Arbutus unedo), 1 castanheiro (Castanea sativa), 1 cerejeira brava (Prunus avium), 1 zambujeiro (Olea europea var. sylvestris), 1 faia (Fagus sylvatica), 1 nogueira (Juglans regia) e 1 teixo (Taxus baccata), 1 plátano-bastardo (Acer Pseudoplatanus), 1 aveleira (Corylus avellana).

Para mais informações: gtf@cm-tvedras.pt

Artigos Relacionados