GNR | Está na estrada a Operação “Peão em Segurança”

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

GNR | Está na estrada a Operação “Peão em Segurança”

 

A Guarda Nacional Republicana (GNR) iniciou, hoje, uma operação de trânsito e segurança rodoviária denominada operação “Peão em Segurança”.

Com o “objetivo de contribuir para a melhoria das condições de segurança e mobilidade dos peões, incutir comportamentos mais seguros por parte de todos os utentes e prevenir a ocorrência de acidentes de viação por atropelamento” a operação decorre nos dias 14 e 15 de novembro e 5 a 6 de dezembro, tendo especial incidência nos distritos do Porto, Braga, Lisboa, Setúbal e Faro.

A GNR refere que “neste período do ano, os atropelamentos assumem uma particular preocupação, devido ao facto do maior volume de tráfego automóvel e pedonal coincidir com o período do anoitecer ou início da noite (17H-20H), contribuindo para este tipo de sinistralidade a visibilidade reduzida, a condução distraída, sob stress ou fadiga, ou ainda o menor cuidado no atravessamento da via por parte dos peões”.

Esta operação resulta da análise dos dados da sinistralidade no ano 2018 tendo sido registados pela GNR, a nível nacional, 3 950 atropelamentos, que originaram 70 vítimas mortais (75% com mais de 50 anos) e 202 feridos graves.

Também no concelho de Mafra, os militares da GNR, vão encetar ações de fiscalização dentro das localidades. Lembramos que em 2018, se registaram 1 133 acidentes, dos quais resultaram 322 feridos ligeiros, 9 feridos graves e 2 mortes.

A operação que hoje se iniciou irá concentrar as ações de fiscalização dentro das localidades, com especial preocupação às seguintes infrações:

  • Estacionamento indevido nos passeios e em outros locais destinados ao trânsito de peões;
  • Estacionamento a menos de 5 metros ou em passagem assinalada para a travessia de peões;
  • Desrespeito pela sinalização luminosa;
  • Excesso de velocidade;
  • Condução sob a influência do álcool;
  • Não utilização dos sistemas de iluminação e sinalização, ou que apresentem anomalias;
  • Utilização indevida do telemóvel

Artigos Relacionados