Congresso Internacional Saramago e o Memorial do Convento

Decorreu hoje o primeiro dia do Congresso Internacional Saramago e o Memorial do Convento, a decorrer no Palácio Nacional de Mafra, uma organização conjunta das Câmaras Municipais de Lisboa (PS), Mafra (PSD) e Loures (CDU) e da Fundação José Saramago, integrando-se no projecto Rota do Memorial do Convento” financiado pela União Europeia, que tem por objetivo a criação de uma rota cultural (Lisboa-Loures-Mafra), a partir do lirismo épico do romance de José Saramago.

Este congresso internacional, que decorrerá em Mafra até ao dia 16 de novembro, reúne 21 especialistas nacionais e internacionais no estudo da obra de Saramago, que tendo por ponto de partida o “Memorial do Convento” se debruçarão sobre o escritor e sobre a sua obra.

O congresso conta com a participação de Isabel Pires de Lima, Guilherme d’Oliveira Martins, Ana Paula Arnaut, Pilar del Río, Carlos Fiolhais, Carlos Reis, Daniela Marcheschi, Orietta Abbati e Piero Ceccucci, entre outros especialistas e estudiosos do prémio Nobel da Literatura.

Entre estudiosos do autor, professores e alunos universitários, os três dias de congresso deverão contar com uma assistência total, na ordem das 200 pessoas.

A sessão de hoje contou com a presença de António Felgueiras, Vereador da cultura na Câmara de Mafra, enquanto a câmara de Loures se fez representar pelo seu Vice-presidente, Paulo Jorge Piteira Leão enquanto a Câmara Municipal de Lisboa enviava o seu Diretor Municipal de Cultura, Manuel Veiga e também de Mário Pereira, Diretor do Palácio Nacional de Mafra, em cuja magnífica biblioteca decorreu a sessão inaugural deste congresso.

Coube ao ensaísta e escritor Miguel Real, comissário deste congresso, moderar as conferências inaugurais, que contaram com as intervenções de Piero Ceccucci e de Pilar Del Rio. A intervenção da presidente da Fundação José Saramago foi acompanhada pela Diretora Geral do Património Cultural, Paula Silva.

Pela tarde, para além de outros conferencistas, o congresso ouviu Maria Fernanda Monteiro dos Santos, responsável pelos serviços educativos do Palácio de Mafra, apresentou uma comunicação intitulada “O Palácio Nacional de Mafra e o “Memorial do Convento” antes e depois do Nobel”.

Amanhã decorrerá o 2º dia de congresso, que contará, entre outros, com as participações de Isabel Pires de Lima, Guilherme d’Oliveira Martins e Carlos Fiolhais.

O programa completo do congresso pode ser consultado aqui.

previous arrow
next arrow
Slider

Artigos Relacionados