Os Carrilhões de Mafra estão cada vez mais próximos de dar música a toda a vila

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

Os Carrilhões de Mafra estão cada vez mais próximos de dar música a toda a vila

 

Os graves problemas, nomeadamente, nas estruturas de madeira que suportavam os sinos dos Carrilhões foram detetadas em 2004.

Em setembro de 2015 foi lançado o concurso internacional destinado à sua reabilitação. Três anos depois, em junho de 2018, arrancaram as obras de reabilitação dos carrilhões do Palácio Nacional de Mafra.

Um dos momentos históricos desta grandiosa obra aconteceu em outubro de 2018, o dia da remoção dos sinos mais pesados da Torre Norte. Seguiu-se a remoção dos sinos da Torre Sul, o regresso dos sinos à torre Norte e depois os da Torres Sul.

Em setembro deste ano foram removidos “adicionalmente” 5 sinos da liturgia, que foram encaminhados para a Holanda, onde foram alvo de algumas reparações devido a “problemas de soldadura”, os quais terão originado fissuras. Estes sinos regressaram ontem às torres sineiras do Palácio Nacional de Mafra.

A conclusão das obras está prevista até ao final do ano e o concerto inaugural agendado para o dia da senhora das Candeias. Será então tempo de encerrar este dossier e abrir o sempre contingente dossier da manutenção.

 

Artigos Relacionados