Mafra | A reabilitação dos edifícios da Quinta de Sta. Bárbara para habitação social já tem empreiteiro

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

Mafra | A reabilitação dos edifícios da Quinta de Sta. Bárbara para habitação social já tem empreiteiro

 

Foi em abril de 2018 que o Jornal de Mafra noticiou a reabilitação de dois lotes na Quinta de Santa Bárbara, em Mafra, cujo destino será habitação social.

A par desta constatação, e na decorrência do trabalho de terreno levado a cabo pela equipa da Ação Social, foram identificados dois imóveis, sitos na Rua Manuel Fernandes Batista, na Quinta de Santa Bárbara, lotes 66 e 67, em Mafra, que apresentam sinais evidentes de abandono, e que são hoje, um foco de concentração de alguma marginalidade, que urge resolver nesta zona habitacional da vila de Mafra.”
[documento da Câmara Municipal de Mafra]

 

Esta reabilitação vai dar origem a 26 apartamentos que hão de servir para habitação social a preços controlados.

O concurso público, com um valor base de aproximadamente 1,6 milhões de euros, com vista à “reabilitação dos lotes 66 e 67 – Quinta Santa Bárbara” foi lançado em julho deste ano pela Câmara de Mafra.

Em agosto, o prazo para apresentação de propostas foi prorrogado, por apenas mais 7 dias, as razões desta prorrogação permanecem ainda desconhecidas.

No dia 17 de outubro, das 5 empresas que responderam ao concurso público para a reabilitação dos “edifícios de Habitação Municipal, Quinta Santa Bárbara, lotes 66 e 67 – Mafra”, a empresa com a qual a Câmara Municipal de Mafra assinou um novo contrato foi, novamente, a A.E.C.I. – Arquitectura, Construção e Empreendimentos Imobiliários, S.A.

O preço contratual é de 1 514.598,86 € e o prazo de execução é de 360 dias.

Artigos Relacionados