Dia Mundial do Polvo (do comestível, mas também não esquecemos o outro)

Dia Mundial do Polvo (do comestível, mas também não esquecemos o outro)

 

Todas as espécies de polvo são venenosas, mas apenas duas são perigosas para o homem: o polvo de anéis azuis e o polvo que não é estudado pelos biólogos.

O polvo que interessa a biólogos e gastrónomos é um animal inteligente, havendo mesmo alguns cientistas que lhe notam alguma personalidade. Já os gastrónomos, preferem uma abordagem em forma de salada, glassado com mel, na brasa, ou cozido.

Há um tipo de polvo que interessa aos historiadores, aos sociólogos e aos estudiosos da coisa política. É um “ser” bem mais perigoso, bem mais complexo e resiliente do que o dos biológicos tentáculos, mostrando também uma assinalável capacidade de regeneração. Este “animal” adapta-se a locais elevados, ministérios, gabinetes de gestores de topo, mas rezam as crónicas, que também medra em meios mais modestos, câmaras municipais e juntas de freguesia constituem também habitats reconhecidos como típicos desta “espécie”.

Este tipo de polvo é mantido quente e pronto a servir, por alguns políticos profissionais, por alguns burocratas e por decisores públicos e privados, muitas vezes ajudados por especialistas de outras áreas, advogados, engenheiros, chefes de divisão, diretores de departamentos de urbanismo e outros mentores de sacos azuis.

Saboroso para quem o cozinha, este polvo é venenoso para aqueles que são pagadores líquidos de impostos, para os que não podem recorrer a grandes escritórios de advogados, ou para os que não professam a conhecida máxima que reza assim “vergonha não é roubar, é ser apanhado”.

Vamos lá então, agora, à posição do polvo no rol das efemérides:

Dia 8 de outubro é o Dia Mundial do Polvo. A escolha do dia 8 fica a dever-se aos 8 tentáculos do polvo.

Os polvos são uma espécie antiga, terão mais de 300 milhões de anos, precedendo os dinossauros, reconhecendo-se atualmente 300 espécies de polvo.

Os polvos não possuem ossos, são constituídos em 90% por músculo e cada um tem cerca de 500 milhões de neurónios no cérebro e nos tentáculos, cada um dos quais podendo ter 280 ventosas. Possuem três corações e um verdadeiro sangue azul.

 

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment