Mafra | Sem abrigo foi hoje resgatada da rua pelas autoridades

Mafra | Sem abrigo foi hoje resgatada da rua pelas autoridades

 

Uma senhora que dormia há alguns dias, segundo algumas fontes, desde domingo, 22 de setembro, junto à porta da Casa Mortuária de Mafra, foi hoje recolhida por uma viatura da GNR, depois de terem surgido nas redes sociais algumas imagens a denunciar esta situação, e também depois de um grupo de 4 pessoas se ter deslocado à GNR de Mafra, dando-lhes conta do que se estava a passar.

Não deixa de ser extraordinário, que numa vila, num concelho, onde prosperam dezenas de entidades ligadas à “economia” da solidariedade, a maior parte delas ativamente apoiadas pelos poderes públicos locais, tenha sido possível, portas meias com a Santa Casa da Misericórdia de Mafra, dirigida pelo senhor vice-presidente da Câmara de Mafra, que alguém tenha pernoitado na rua, dentro de um saco cama, durante quase uma semana, junto à porta de uma casa mortuária.

O Jornal de Mafra, para complementar e reconfirmar a informação, tentou contactar o oficial responsável da GNR no concelho de Mafra, mas até ao momento, esse contacto não se mostrou possível.

Há já um outro precedente, também noticiado pelo Jornal de Mafra, ocorrido em janeiro de 2018, na Ericeira, Sem abrigo vive em vão de garagem.

 

[imagem: montagem de imagens das redes sociais (José Mendes/Paula Lucas]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados