Atualização dos avistamentos de Caravela-Portuguesa em praias do Concelho de Mafra

Caravela-Portuguesa avistada esta semana em praias do Concelho de Mafra

 

Foram ontem atualizados os avistamentos de caravela-portuguesa nas praias do distrito de Lisboa e do concelho de Mafra, tendo-se registado as seguintes ocorrências de espécimes de organismos gelatinosos:

Espécie: 𝘗𝘩𝘺𝘴𝘢𝘭𝘪𝘢 𝘱𝘩𝘺𝘴𝘢𝘭𝘪𝘴 (ou Caravela-Portuguesa) (1)
Local: Distrito de Lisboa: Praia de São Sebastião, Praia do Sul, Praia da Foz do Lizandro, Praia de São Julião e Marina de Cascais

O IPMA salienta que estes avistamentos são “fenómenos naturais e sazonais motivados por condições oceanográficas e ambientais favoráveis à sua reprodução”. Este ano tem sido caracterizado “por um período mais longo e intenso de arrojamento destas espécies, sendo previsível que a abundância diminua gradualmente”.


(1) Physalia physalis (Caravela-portuguesa)
A Caravela-portuguesa é, de facto, uma colónia. Um conjunto de indivíduos, cada um com a sua função específica, que forma um único organismo. Flutua à superfície da água e é influenciada por ventos e correntes superficiais. Os seus tentáculos podem chegar aos 30m. Esta é a espécie com maior poder urticante que ocorre com frequência na costa portuguesa, incluindo os Açores e a Madeira, pelo que deverá ser evitado o contacto directo sempre que possível. Em caso de queimadura, aplique vinagre e bandas quentes sobre a zona afectada.

 

[Imagem: GelAvista]

Artigos Relacionados