Torres Vedras | Plano de contingência para a crise energética

Torres Vedras – Plano de contingência para a crise energética

 

Face à greve por tempo indeterminado dos motoristas de matérias perigosas agendada para a próxima 2ª feira, 12 de agosto, o governo anunciou os serviços mínimos (ver aqui) e decretou, preventivamente, estado de emergência energética.

O Município de Torres Vedras divulgou entretanto o seu plano de contingência, que visa “adotar medidas de caráter excecional que assegurem a manutenção do funcionamento dos serviços e forças de segurança, bem como o socorro das populações“.

O plano de contingência para situações de crise energética foi elaborado pelo Serviço Municipal de Proteção Civil de Torres Vedras e estabelece as medidas a adotar no caso de uma crise de falta de combustíveis fósseis (tal como ocorreu em abril deste ano), constituindo também um “instrumento estratégico para a garantia do funcionamento dos serviços mínimos da Câmara Municipal, dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Torres Vedras (SMAS) e da Promotorres, E.M”.

Consulte (aqui) o Plano de contingência para a Crise Energética, versão 2 – agosto de 2019

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment