Morreu D. João V

Morreu D. João V

Há precisamente 269 anos, a 31 de julho de 1750, pelas 7 horas da tarde, morria em Lisboa João Francisco António José Bento Bernardo, El rei D. João V, de cognomes, O Freirático ou O Magnânimo.

A causa da morte terá sido “tanto do ventre como do cérebro vagava um licor morboso em tanta quantidade que se reconheceu acabara Sua Magestade de uma hidropisia do ventre mas não totalmente consumada“.

Na hora da sua morte o rei tinha a seu lado a rainha, o príncipe D. José, os infantes D. Pedro e D. António, o futuro Cardeal da Cunha, e os médicos da corte.

A 3 de Agosto de 1750 realizou-se a missa de corpo presente, e pelas 9 horas da noite “tudo se preparou para o funeral”.

As cerimónias fúnebres foram magnificentes e o “desfile de grande séquito, com a cavalaria do Terreiro do Paço e a infantaria nas ruas do percurso que seguindo pela Sé, e pelo Limoeiro até chegar ao local, onde os irmãos da Misericórdia puseram o caixão num esquife”.

D. João V jaz no Panteão dos Braganças, ao lado da esposa, no mosteiro de São Vicente de Fora em Lisboa. Foi hoje visitado, onde jaz, por várias entidades públicas, por funcionários públicos, por padres da igreja católica e por amigos da obra que realizou em Mafra com o ouro do Brasil.

 

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados