Mafra | Orquestra Ligeira do Exército encerrou o Festival do Pão 2019 [Imagens]

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

Orquestra Ligeira do Exército encerra Festival do Pão 2019

 

Chegou ontem ao fim mais uma edição do Festival do Pão tendo o “Addio, adieu, aufwiedersehen, goodbye” estado a cargo da Orquestra Ligeira do Exército.

A Orquestra Ligeira do Exército (OLE) existe desde 1977 e sucedeu ao agrupamento musical militar criado pela Região Militar de Lisboa.
A OLE é uma Big-Band composta por cinco saxofones (flauta, flautim, clarinete), quatro trompetes, quatro trombones, dois teclados, duas violas, duas percussões e três vocalistas. Uma orquestra com pergaminhos, que se dedica a temas, lá está, da chamada música ligeira.

Na noite de ontem, a orquestra dirigida pelo sargento chefe Cândido Ameixa fez uma viagem musical pelo jazz, funk, ritmos latinos, pelo rock português e internacional, que subiram ao palco pelas vozes de dois dos seus vocalistas. Excelentes vozes, de resto.

Durante 10 dias, “quando a noite cai na cidade” (no caso Vila) acenderam-se as luzes, soou a música e porque não, viveu-se também alguma magia. Ontem as luzes apagam-se, os risos e as palmas calaram-se e o Jardim do Cerco voltou à sua pacatez e ao seu silencio até ao próximo ano…se a Unesco assim o permitir.

 

 

Artigos Relacionados