Ericeira || Recordar o acidente de 2007 com uma grua no portinho da Ericeira de que resultaram 2 mortos

Recordar o acidente de 2007 com uma grua no portinho da Ericeira de que resultaram 2 mortos

 

A propósito das obras no molhe da Ericeira e da entrada ao serviço de uma nova grua (que ontem noticiámos) recordamos hoje o acidente fatal com a grua então instalada no portinho da Ericeira, que ocorreu em 2007, na manhã do dia 9 de junho.

No Jornal de Notícias referia-se assim àquele acidente:

O acidente da manhã de ontem foi o tema de todas as conversas no pequeno café do Clube Naval da Ericeira. A quebra de um cabo da grua que normalmente coloca os barcos de pesca desportiva na água provocou um morto e quatro feridos ligeiros, três dos quais já tiveram alta.

Apesar de estar preparada para 42 toneladas, a grua do Clube Naval não aguentou o peso do “Franizo”, uma embarcação com mais de oito metros e seis toneladas de peso. Um dos cabos cedeu e soltou o cadernal , a peça que inclui as roldanas e o gancho, sobre a tripulação.

Por sua vez, o “Público” titulava: “Tribunal apreende grua que matou dois homens na Ericeira”.

O cabo da grua que coloca os barcos de pesca desportiva e respectivas tripulações no mar a partir do pontão do porto de pesca partiu-se, tendo os seus cinco ocupantes sido atingidos pelas pesadas roldanas que faziam parte do equipamento.

O comandante dos Bombeiros Voluntários da Ericeira, José Manuel Pires Pereira, explica que os seus homens tiveram de usar material de
desencarceramento para libertar os homens, que também terão sofrido algumas lesões por via da queda abrupta da embarcação na água.

Ainda nem eram 7h00, quando os voluntários da Ericeira receberam o pedido de socorro, mas já eram muitos os tripulantes de embarcações de recreio que, tal como estes, se preparavam para um dia bem passado no mar, refere o presidente da Junta de Freguesia da Ericeira, Joaquim Casado.

A grua mandada apreender pelo Tribunal de Mafra pertence ao Clube Naval da Ericeira, cujos responsáveis o PÚBLICO tentou contactar, sem sucesso, ao longo do dia de ontem.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados