Torres Vedras | Município ofereceu equipamento à Unidade de Hospitalização Domiciliária do Centro Hospitalar do Oeste

Câmara Municipal de Torres Vedras ofereceu equipamentos para a Unidade de Hospitalização Domiciliária do CHO

 

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) informa que Câmara Municipal de Torres Vedras ofereceu um conjunto de equipamentos “fundamentais à prática da prestação de cuidados diários aos doentes internados” na Unidade de Hospitalização Domiciliária de Torres Vedras (UHD-TV) do CHO.

Do conjunto de equipamentos oferecidos fazem parte “cinco bombas de perfusão para administração de antibióticos; monitores de avaliação da tensão arterial; um oxímetro e um gasómetro para a avaliação do nível oxigénio no sangue; um monitor multi-parâmetros; uma mala de emergência e outra para transporte de material clínico”.

Segundo dados do CHO, desde a entrada em funcionamento deste serviço (há menos de um mês), a equipa da UHD-TV já realizou 104 visitas de enfermagem presenciais, 41 visitas médicas, 15 visitas de nutricionista e 5 avaliações de assistente social, num total de 2.016 km percorridos.

A Hospitalização Domiciliária funciona 24 horas por dia, 365 dias por ano e “garante o mesmo nível de qualidade e de segurança que o internamento convencional nos cuidados prestados ao doente”.

Elsa Baião, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste, refere ainda, que “este projeto permite dar uma resposta mais adequada e adaptada às necessidades atuais da população, tratando-se de uma evolução na prestação de cuidados por parte do CHO, sendo uma mais-valia para todos, em especial para os doentes e seus familiares”.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

 

[Imagem: CHO]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados