Turismo sustentável | Mafra, Sintra e Torres Vedras recebem 17 galardões Green Key 2019

Mafra, Sintra e Torres Vedras recebem 17 galardões Green Key 2019

 

Decorreu em Portimão, no início desta semana, a cerimónia em que foram divulgados os galardoados deste ano do programa internacional Green Key.

Este ano, a lista de estabelecimentos galardoado em Portugal foi de 181 (mais 54 do que no ano anterior), o que colocou o nosso pais na 5ª posição dos 57 países que estão presentes no programa Green Key. Este ano, a liderança pertence novamente à Holanda com 683 estabelecimentos Green Key.

Os galardões, em Portugal, estão distribuídos de Norte a Sul e pelas ilhas do seguinte modo:
Madeira: 57
Algarve: 31
Região Norte: 28
Região Centro: 28
Lisboa e Vale do Tejo: 19
Açores: 14
Região do Alentejo: 4

Nos Concelhos de Mafra, Sintra e Torres Vedras foram 17 os prémios entregues.

Mafra (3)
Ericeira Camping (PC)
Casa das Aguarelas (AL)
Eco Soul Ericeira Guesthouse (AL)

Sintra (6)
Casa do Valle (AL)
Villa Maria (AL)
Casa da Capela (AL)
Arribas Sintra Hotel (H)
Almáa Sintra Hostel (AL)
Pestana Sintra (H) (novo)

Torres Vedras (8)
Areias do Seixo Charm Hotel (H)
Noah Surf House (R)
Dolce CampoReal Lisboa (H)
Hotel Promar (H)
Roots Food & Wine (R)
Noah Surf House (AL) (novo)
Hotel Apartamento Praia Azul (H) (novo)
TAWA Sushi (R) (novo)

Os concelhos de Mafra e Sintra mantiveram o nº de galardões, já o concelho de Torres Vedras viu o nº de galardoados aumentar de 5 para 8.

(AL – Alojamento Local, H – Hotel, PC- Parque de Campismo, R – Restaurante)

O Green Key promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa, é um “programa de educação ambiental que promove o turismo sustentável e responsável, através do reconhecimento de estabelecimentos turísticos, de alojamento local, parques de campismo e restaurantes que implementam boas práticas ambientais e sociais, que valorizam a gestão ambiental nos seus estabelecimentos, que procuram reduzir o impacto da sua actividade, que promovem o consumo sustentável e que contribuem para uma nova consciência individual e colectiva orientada para o desenvolvimento sustentável” .

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados