Mafra | Novo centro de saúde mostra deficiências

Novo centro de saúde de Mafra mostra deficiências

 

Fonte do centro de saúde de Mafra revelou ao JM a existência de alguns problemas no funcionamento do novo centro de saúde, problemas estes que poderão resultar da pressa para mostrar obra, de modo a que a sua inauguração pudesse ocorrer com pompa e circunstância no dia da vila. Assim, segundo a nossa fonte, já lá vão duas semanas de funcionamento sem que todas as condições técnicas – algumas básicas, como o serviço telefónico – estivessem asseguradas.

Segundo esta fonte, no novo centro de saúde de Mafra, os telefones não funcionam, o moderno aparelho de raios X continua sem uso – prejudicando a capacidade de diagnóstico dos médicos que ali trabalham e por essa via, o tratamento dos doentes – e as comunicações, nomeadamente, aquelas que ocorrem em rede, serão tão lentas, que dificultam significativamente as tarefas administrativas.

Para além dos problemas referidos, os gabinetes de consulta não dispõem de um instrumento de trabalho básico, como um negatoscópio (aparelho que facilita a leitura de radiografias).

Situações deste tipo são relativamente comuns em Portugal, pois, a pressa de mostrar serviço, leva por vezes as administrações, centrais e locais, a ativar os equipamentos sem que estes estejam completamente funcionais.

Convidados a pronunciar-se relativamente às informações que aqui são notícia, a direção do Centro de Saúde de Mafra e a ARSLVT (Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo), não nos fizeram chegar, até ao momento, qualquer esclarecimento.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment