Torres Vedras | Recriação histórica no Castro do Zambujal

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

Ainda no âmbito das comemorações do Dia da Europa, o Castro do Zambujal, em Torres Vedras vai ser palco de “um conjunto de atividades que recriam aquilo que era o quotidiano dos habitantes daquele fortificado pré-histórico. Moagem de cereais, fabricação de ornamentos, técnicas de pintura, fabricação de instrumentos líticos e técnica de fogo.”

Na próxima 2ª feira, 27 de maio, ao visitar o local, poderá participar em “atividades, tais como moagem de cereais, fabricação de ornamentos, técnicas de pintura, fabricação de instrumentos líticos e técnica de fogo. No final, poderá aprender a cozinhar em tempos pré-históricos e provar algumas das iguarias”.

 

Data: 27 de maio
Horário: Das 10h00 às 16h30
Local: Castro do Zambujal

 

Através do Audioguia do Zambujal ficará a conhecer “várias personagens, umas reais, outras ficcionadas, que o ajudarão a perceber o sítio arqueológico: o sr. Leonel, o arqueólogo, que lhe dirá como descobriu o Castro do Zambujal e o convidará a viajar no tempo; Udim, um jovem pastor que o levará ao interior da fortificação em 2650 a.C.; Ivan, um guerreiro que relata uma guerra; Gabi, uma jovem mulher, que partilhará o quotidiano de uma habitação; e Mathus, um ancião, que contará como foi a paisagem no Vale, 5.000 anos atrás”.

O Castro do Zambujal é um sítio arqueológico fortificado pré-histórico, do período Calcolítico (c. 2850 – 1750 a.C.), caracterizado pela denominada cultura campaniforme, presente em praticamente toda a Europa.

Nota: Aconselha-se o uso de roupa, calçado confortável e chapéu. Recomenda-se trazer água.

Informações: museu@cm-tvedras.pt

 

[Imagem: CMTV]

Artigos Relacionados