Bombeiros – Melhores compensações financeiras

Bombeiros – Melhores compensações financeiras

 

“O DECIR 2019 (Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais) prevê, no período de maior nível de empenhamento, a mobilização de cerca de 11.500 operacionais, dos quais mais de 50% são bombeiros”

 

O Ministério da Administração Interna informou hoje, em nota à comunicação social, que aprovou, com o acordo da Liga dos Bombeiros Portugueses, a Diretiva Financeira 2019, um documento que “regula a comparticipação do Estado das despesas resultantes da intervenção dos bombeiros em operações de proteção e socorro e estados de alerta especiais”.

Aumentam assim, os valores de algumas comparticipações e simplifica-se o acesso a essas verbas.

  • Cobertura financeira para mais peças de equipamentos de proteção individual e para computadores e aparelhos GPS.
  • Aumento das comparticipações dos almoços e jantares de 7 euros para 7,50 euros. Nos pequenos-almoços, lanches e reforços, o valor passa de 1,80 euros para 2,20 euros.
  • Quanto à comparticipação nos combustíveis, o valor da comparticipação, por litro de combustível, passará a corresponder ao valor médio mensal fixado na tabela da Direção Geral de Energia e Geologia
  • A cobertura de despesas foi alargada a mais tipos de viaturas

Alteram-se as comparticipações do estado nos valores pecuniários a disponibilizar para as forças de bombeiros que integram o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), para 50 euros por dia e para os comandantes 65 euros por dia.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados