Regresso dos Concertos a 6 órgãos à Basílica do Palácio Nacional de Mafra [Imagens]

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

Ontem à noite, na Basílica do Palácio Nacional de Mafra voltaram a ecoar os seus 6 órgãos  em concerto, marcando-se assim a conclusão dos trabalhos de manutenção a que foram sujeitos.

A recuperação dos orgãos esteve a cargo do organeiro Dinarte Machado, que no final do mês de Abril afirmou na sua página de Facebook que “estamos a ultimar os trabalhos de afinação dos seis órgãos na Basílica do Palácio Nacional de Mafra, depois de uma revisão geral deste precioso e único conjunto de seis órgãos.[…] Este é um trabalho (afinação) resultante de uma experiência única na vida de um Organeiro. Afinar seis grandes órgãos, tendo em conta o seu conjunto, é não só uma tarefa grandiosa, mas difícil, e quase diria extra humana. Mas também uma experiência única no âmbito da organaria Universal”.

Referiu ainda que a afinação não estará ainda concluída, o que só deverá acontecer lá para novembro: “embora terminado, mas não concluído, uma vez que a estabilidade de mais de 12 mil tubos, não se consegue em 3 meses. Vamos cuida-los até Novembro”.

O concerto de ontem intitulado “ O renascer de uma obra” aliou a música dos seis órgãos com as vozes de três coros do grupo vocal Voces Caelestes, tendo contado com a presença de Ângela Ferreira, Secretária de Estado da Cultura e de muito público, que enchia a basílica por completo.

 

 

Artigos Relacionados