Canábis medicinal vai ser produzida em Sintra e Aljustrel

A Holigen, uma Empresa da Austrália, recebeu este ano a licença para a produção canábis medicinal.
A empresa vai investir 45 milhões de euros em Portugal, nos próximos 4 anos, e vai construir duas instalações uma em Sintra com 21.500 metros quadrados e outra em Aljustrel com 7.000.000 metros quadrados prevendo criar 400 postos de trabalho.

As instalações de Sintra ficarão totalmente operacionais, no 3º semestre deste ano, se o processo de licenciamento ocorrer como a Holigen prevê.

A escolha para a localização em Portugal ocorreu por o nosso pais apresentar “as melhores condições para o mercado atual, com mão-de-obra altamente qualificada, clima perfeito e autoridades eficientes e progressistas”.

Em entrevista à Lusa o presidente executivo da Holigen referiu ainda que o processo seguirá os seguintes passos: “cultivo, colheita, secagem, extração de ingredientes farmacêuticos, preparação de produtos de grau farmacêutico, embalagem e comercialização”.

A empresa espera produzir no primeiro ano 30 toneladas não só para o mercado português mas também para a exportação.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados