Mafra | Procissões da Quaresma [Imagens]

 

Encerrou-se ontem o ciclo de manifestações pascais públicas da Igreja Católica Apostólica Romana.

A Câmara Municipal de Mafra afirma que estas manifestações resultam das “tradições religiosas do período Barroco,  mantendo as características que lhe foram conferidas no século XVIII”, referindo também, que serão “um testemunho do legado artístico e da grandiosidade alcançada no período barroco e nos reinados de D. João V e D. José I”, esplendor entretanto perdido, a ter em conta o cada vez menor número de fieis desta denominação religiosa interessados em participar nestes atos públicos e o facto de não constituírem em Mafra um pólo de atração turística.

“As imagens escultóricas executadas para os andores, da autoria de Manuel Dias (Procissão de Penitência da Ordem Terceira de São Francisco), Joaquim José de Barros Laborão (Procissão das Sete Dores de Nossa Senhora), destacando-se a imagem de Cristo Crucificado, atribuída ao genovês Anton Maragliano (Procissão de Penitência da Ordem Terceira de São Francisco), bem como muitas das vestes e alfaias utilizadas que remontam aos séculos XVIII e XIX”.

Este ano, a procissão do Senhor dos Passos não saiu porque as condições atmosféricas não o permitiram.

 

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados