Mafra || Criminalidade e acidentes – Conheça os números de 2018 e 2017

No concelho de Mafra a comparação entre os dados de 2017 e os dados de 2018 mostra uma diminuição da taxa de criminalidade, sendo que em 2018, a GNR efetuou aqui 175 detenções.

Em 2018 os crimes com maior expressão foram as ofensas à integridade física, violência doméstica, ameaça e coação, furto de veículo, furto de residência, furto em edifício comercial, burla, tráfico de estupefacientes e condução sobre o efeito de álcool.

Um indicador importante é o número de vítimas apoiadas pela APAF em Mafra, no ano de 2018, esse número ascendeu a 50, mais 10 do que em 2017.

No concelho de Mafra, as razões que levaram às 175 detenções, passaram pela condução sob o efeito do álcool (78), tráfico de estupefacientes (34)  e furto (3).

Chama-se a atenção para a necessidade de olhar aqui para os números dos concelhos de Sintra e Torres Vedras com algum distanciamento comparativo, uma vez que naqueles concelhos actua a GNR, em cujos dados se baseia esta informação, mas também atua a PSP, cujos dados não disponibilizam aqui.

Em 2017 registaram-se no concelho de Mafra 104 crimes de violência doméstica, 79 furtos em residência, 45 furtos em veículos e 44 furtos em edifícios comerciais ou industriais.

Já no que diz respeito à sinistralidade rodoviária, em 2018, a GNR registou 1 133 acidentes no concelho de Mafra, dos quais resultaram 322 feridos ligeiros, 9 feridos graves e 2 mortes. Em 2017, no concelho de Mafra houve 253 acidentes de que resultaram vítimas, sendo 3 vítimas mortais, 16 feridos graves e 301 feridos ligeiros.

Em termos comparativos, estes números devem ser vistos tendo em consideração aquilo que se disse aqui relativamente aos números da criminalidade, uma vez que, também aqui, relativamente a Sintra e Torres Vedras, haverá que adicionar os números da PSP.

Relativamente aos 3 concelhos, a GNR comenta estes resultados e acrescenta ainda mais alguma informação:

Em complemento às ações de patrulhamento, que são desenvolvidas pelas valências territorial, de trânsito, proteção da natureza e ambiente e de investigação criminal, a GNR, através das suas Secções de Prevenção Criminal e de Policiamento Comunitário, vem realizando diversas ações de sensibilização, no sentido de consciencializar as populações a adotarem comportamentos preventivos, tanto no âmbito da criminalidade, como da sinistralidade rodoviária. Para tal, estas ações de sensibilização versaram sobre vários temas, designadamente: Internet Segura; Segurança na Residência; Comportamentos Aditivos; Violência em Meio Escolar; Proteção da Natureza e do Ambiente; Prevenção de Burlas, Furtos e Roubos e Prevenção Rodoviária, contabilizando um total de 668 ações de sensibilização, que envolveram mais de 24 mil pessoas.

O mito de concelho muito calmo e muito seguro, parece cair aqui por terra, afinal, o concelho de Mafra está a passar muito gradualmente de um meio predominantemente rural, para um meio predominantemente urbano, com todas as vantagens e todas as desvantagens que isso implica.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados