Palácio Nacional de Mafra | Governo aprova autonomia de gestão de museus, monumentos e palácios

O governo aprovou hoje em Conselho de Ministros, um Decreto-Lei  que institui um novo regime de autonomia de gestão dos museus, monumentos e palácios.
Os museus, monumentos e palácios, entre eles, o Palácio Nacional de Mafra, embora “mantendo-se sob a dependência da Direção Geral do Património Cultural e das Direções Regionais de Cultura […] passam a beneficiar de uma maior autonomia de gestão através da delegação de competências nos seus diretores, permitindo a tomada de decisões quanto à atividade e programação daquelas estruturas”.
Os objetivos desta medida passarão por permitir “[…] a concretização de projetos que importem mais-valias para a cultura, o património, a economia e o turismo, fomentando-se o estabelecimento de parcerias com outras entidades, públicas e privadas, e com a sociedade civil […]”.
Este Decreto-Lei vem permitir uma maior latitude na gestão local destas estruturas, permitindo adequar as políticas às conjunturas, exigindo mais imaginação e mais proatividade às direções de museus, monumentos e palácios. Veremos, que reflexos reais poderá esta medida propiciar a nível nacional e a nível local.
Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment