Rali das Camélias | As classificações desta edição e o futuro do rali

Depois de mais de duas décadas de ausência, as estradas dos concelhos de Cascais, Sintra e Mafra receberam no sábado o regresso, que se espera seja para ficar, do Rali das Camélias.

Num dia de Outono cheio de sol, a prova contou com poucos acidentes e nenhum deles com gravidade. Por outro lado, apenas 40 dos 70 pilotos que alinharam à partida,  alcançaram o último controlo montado nos Jardins do Casino Estoril.

A dupla vencedora da prova foi a constituída por Paulo Neto e Vítor Hugo num Citroën DS3 RT.

“Ganhar esta prova é um sonho. Sou daqui, vi o rali muitas vezes quando era pequeno e quando podia começar a participar deixou de se fazer. Estou muito contente. De manhã os pisos estavam muito húmidos na zona da serra e por isso perdi algum tempo” [Paulo Neto]

O TOP 5 da classificação foi o seguinte:

1º – Paulo Neto e Vitor Hugo
2º – Gil Antunes e Diogo Correia
3º – Pedro Clarimundo e António Conde
4º – António Baiona e Gonçalo Martins
5º – Gonçalo Inácio e Paulo Leones

Gil Antunes resumiu assim a prova:  “foi fantástico fazer esta prova. Os troços são fantásticos. Atrasei-me um pouco logo nas duas primeiras especiais. Tinha o carro com afinação de seco, muito duro, mas as classificativas estavam muito húmidas e o carro escorregava muito”.

Luiz Caramelo, um dos responsáveis pela organização da prova promete : “Para 2019 prometemos algumas alterações e melhoramentos, assim como um rali diferente, tanto na concepção como na extensão, já que temos intenção de voltar a Sintra à noite e também ao Gradil, eliminando talvez o sistema de rondes adoptado este ano entre o Codeçal e Livramento.”

O Jornal de Mafra apoiou o jovem João Rosa que fez a sua estreia em ralis e que foi um dos 40 que completou a prova

Quanto aos pilotos de Mafra, dos quais o JM, teve conhecimento, as sua classificação foi a seguinte:

4º lugar – António Bayona e Gonçalo Martins
7º lugar – Gonçalo Boaventura e Rodrigo Silva
22º lugar – Rui Sousa e Carlos Silva
28º lugar – Jorge Vicente e Nuno Vicente

Pode consultar (aqui) a classificação geral final.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment