Rallye das Camélias – Troços de Mafra e cortes de estrada previstos

O Rallye das Camélias está de volta no próximo sábado a algumas “das estradas de asfalto mais interessantes do país” nos concelhos de Cascais, Sintra e Mafra.

Depois de 27 anos de ausência – forçada pela legislação dos Parques Naturais – o Clube de Motorismo de Setúbal volta a organiza o Rallye das Camélias, que durante três anos se apresenta como uma prova extra a qualquer campeonato.

A organização garante que “o Rallye das Camélias não é só para recordar” uma vez que o “esquema previsto para 2018, o  no universo dos ralis modernos, tendo-se adaptado a horários mais consentâneos com a realidade atual, mantendo classificativas de outrora, mas perfeitamente integradas naquilo que pilotos e equipas esperam de uma prova aliciante”.

Segundo o regulamento da prova as Inscrições estão limitadas a 60 equipas.

Uma das equipas participantes é a de João Nina Rosa que irá competir com o patrocínio do Jornal de Mafra, conduzindo um Citroen C1 e tendo o seu pai como navegador

Segundo informação não completamente confirmada pela organização, uma vez que a composição final, oficial, das equipas, só será conhecida no dia 30 de novembro, as equipas constituídas por residentes no concelho de Mafra, serão as seguintes:

–  Peugeot 106 Rallye S2 : Gonçalo Boaventura e Rodrigo Silva
– Peugeot 208 R2: António Bayona e Gonçalo Martins
– Renault Clio: Jorge Vicente e Nuno Vicente
– Peugeot 206: Rui Sousa e Carlos Silva
– Peugeot 309 GTI: Paulo Fiúza e Nuno Batalha.

A prova percorrerá um total de 191,83 Km e está dividida em 3 seções, contando com 79,60 Km nos 7 PEC que a constituem (provas especiais de classificação).

Em Mafra a prova irá decorrer nos troços do Livramento, Codeçal e Monte Godel, onde se realizam os seguintes 5 PEC:

PEC 3 – MAFRA KM – 10,50

 

PEC 4 e 6 CODEÇAL KM – 12,50

 

PEC 5 e 7 – LIVRAMENTO KM – 8,40

 

O Parque Intermodal de Mafra (junto ao Palácio) será o parque de Assistência e de abastecimento da prova.

O reagrupamento para a saída da 2ª seção será feito junto ao Palácio Nacional.

 

A prova irá provocar cortes de transito nos troços por onde irá passar. No concelho de Mafra os horários previstos para os cortes no trânsito são os seguintes:

  • Troço de Monte Godel
    Das 8h30 às 11h15
  • Troço do Codeçal
    Das 11h30 às 16h00
  • Troço do Livramento
    Das 12h15 às 17h30

Na Vila de Mafra poderão existir pequenos cortes de trânsito, mas serão apenas momentâneos, destinados apenas a permitir a saída dos carros.

A organização faz o seguinte apelo “a protecção do ambiente e a observância respeitosa das regras de segurança, são determinantes para a continuação do Rali das Camélias e a organização agradece a colaboração de todos, por forma a que a organização da prova, possa continuar a merecer a confiança das autoridades que a viabilizam”.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados