Reunião anual da Rede Mundial de Cidades de Surf

Terminou hoje, em San Sebastián, no País Basco, o encontro anual das cidades da Rede Mundial de Cidades de Surf (WSCN).

A Ericeira e Viana do Castelo representaram Portugal, às quais se juntaram Arica (Chile), Santos (Brasil), Montañita (Equador), Huanchaco (Perú), Donostia (Espanha), Durban (África do Sul), Lacanau (França), Gold Coast (Austrália), New Plymouth (Nova Zelândia) e pela primeira vez Viña del Mar (Chile).

Entre 21 e 23 de novembro, na agenda estiveram reuniões de trabalho, conferências, atividades de formação e sessões de networking com profissionais, empresários e 20 empresas de surf de todo o mundo. Entre as visitas realizadas pelas delegações presentes, contam-se as instalações da Wavegarden, uma empresa local dedicada à instalação de sistemas de geração de ondas, sistema que permite criar ondas até 2,4 metros de altura.

O balanço do encontro, que pretende promover a troca de experiências e ideias, terá sido positivo e entre as metas para o futuro encontra-se o melhoramento do posicionamento das cidades da rede como oferta de turismo no surf, promover novos negócios locais relacionados ao surf e cooperar na criação de estratégias locais para desenvolver a indústria do surf em cada cidade da rede.

Este ano mais uma cidade aderiu a Rede Mundial de Cidades de Surf, Viña del Mar, no Chile, sendo agora 13 as cidades que constituem a WSCN.

Uma vez que o conselho não foi informado com a devida antecedência, da deslocação de autarcas mafrenses a este evento, espera-se que os eleitos concelhios que aí se deslocaram, no regresso, dêem conta aos munícipes das mais-valias deste encontro para o concelho e para os munícipes.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados