Bombeiros | Concentração nacional no dia 24 de novembro

Marta Soares, o polémico presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, diz que os bombeiros portugueses “estão revoltados” e como tal decidiram , uma concentração nacional realizar em Lisboa, no dia 24 de novembro.

O descontentamento dos bombeiros estará relacionado com a proposta do Governo para a reforma da Proteção Civil, aprovada em Conselho de Ministros em 25 de outubro e que prevê a criação de 5 comandos regionais e 23 sub-regionais de emergência e proteção civil em vez dos atuais comandos distritais de operações e socorro.

O presidente da Liga referiu que na reforma proposta pelo Governo apenas os bombeiros são alvo de alterações na  estrutura, a GNR, A PSP, o Exército, a Marinha, a Força Aérea e o INEM também pertencem ao Estado e não foram alvo de alterações. Mas os bombeiros dão resposta “a 98% do socorro em Portugal, nos incêndios florestais a 95% e mesmo no transportes urgentes são responsáveis por 85% daquilo que faz o INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica)”.

Os bombeiros não terão sido ouvidos na elaboração da proposta de reforma da Proteção Civil e durante o Conselho Nacional da Liga, que decorreu ontem em Bragança, foi tomada a decisão de avançar com um protesto nacional na Praça do Comércio em Lisboa.

Para além da concentração, ficou ainda decido que os bombeiros vão recusar a participação em exercícios ou iniciativas determinadas pela Autoridade Nacional da Proteção Civil ou pelo Governo.

“Se não resultarem, nós vamos realizar um congresso extraordinário, até meados de 2019, e aí definirmos as grandes estratégias em relação ao que vai ser o relacionamento com o Governo português” avança Marta Soares, que também é militante do PSD.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados