Vamos à Farmácia | Limpeza adequada dos ouvidos

Vamos à Farmácia | Ana Quintela

 

Limpeza adequada dos ouvidos

É importante saber como higienizar correctamente o ouvido, uma vez que a sua limpeza inapropriada pode ser muito prejudicial para o aparelho auditivo.

 

Como devemos limpar o ouvido?

Nunca deve introduzir objectos dentro do ouvido, sejam cotonetes ou quaisquer outros objectos. A utilização do cotonete deve ser feita apenas na zona externa da orelha, pois se for introduzido dentro do ouvido pode causar lesões internas e empurra a cera mais para o interior.

A higienização do ouvido é importante, porém também não deve limpá-lo em excesso para não causar escoriações. A forma mais prática e segura de fazer a sua limpeza é após o banho, limpando as orelhas e o ouvido externamente com uma toalha.

 

Se tem tendência a ter muitas infecções nos ouvidos deve ter alguns cuidados após o banho e depois de actividades com água, como a natação.

Se pratica natação deve usar tampões para os ouvidos ou utilizar bandas apropriadas que se colocam à volta da touca para não deixar entrar água. Se sentir água dentro do ouvido, após o banho deve inclinar a cabeça e manter a orelha para baixo para remover a água do canal auditivo.

 

Existem soluções de limpeza específicas para o ouvido?

Em determinados casos uma acumulação excessiva de cera no ouvido pode causar alterações na audição, lesões no canal auditivo e dor. Em pessoas com excessiva produção de cera e com cera muito seca, a lavagem do ouvido ajuda a minimizar estes problemas.

Existem à disponibilidade em qualquer farmácia sprays de limpeza auditiva e gotas auriculares que ajudam a remover a cera mais facilmente. Depois de utilizar estas soluções de lavagem deve limpar bem qualquer vestígio de água e colocar uma bola de algodão que absorva qualquer líquido de forma a secar completamente o canal auditivo.

Nunca utilize gotas ou soluções de lavagem se já sentir dor no ouvido, pois nesse caso estão sempre contraindicadas.

 

Quando há dor, prurido frequente (muita comichão), zumbidos e desequilíbrio deve ser sempre recorrer a um médico.

É importante ainda perceber que embora a maioria das soluções de limpeza auricular possam ser usadas em crianças acima dos 3 anos de idade, se verificar que a criança tem uma produção anormal e excessiva de cera deve ser observada por um médico.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados