Ponto de situação do incêndio no Parque Natural Sintra-Cascais

O incêndio que deflagrou ontem, pelas 22h50, no Parque Natural Sintra-Cascais foi dado como dominado pelas 10h45 de hoje.

No balanço efectuado por André Fernandes, Comandante operacional da Protecção Civil de Lisboa, este  afirmou que a passagem da ocorrência ao estado de dominado “foi o culminar de um trabalho desenvolvido por 727 operacionais apoiados por 217 veículos, meios terrestres, e 8 meio aéreos”.

Relativamente às vítimas, embora não tenha havido vítimas graves, registaram-se 21 feridos. 10 bombeiros foram transportados a unidades hospitalares devido a traumas oculares e a traumas nos membros inferiores (entorses e luxações), houve 1 ferido civil com queimaduras do 1º e 2º graus, nos membros superiores e inferiores (já teve alta e já se encontra em casa) e houve 10 bombeiros assistidos nos local, após o que que regressaram ao combate ao incêndio.

Foram evacuadas 300 pessoas do parque de campismo junto à praia do Abano e 47 pessoas foram evacuadas de diversas localidades. Entretanto, já foram restabelecidas as condições de segurança e os campistas já tiveram indicações para começar a regressar ao parque de campismo. Quanto o regresso as localidades, a indicação é para que as pessoas possam voltar às suas habitações com calma e há medida que as situações vão sendo verificadas e validadas pelos operacionais no terreno.

Não há nenhum registo de qualquer habitação ardida, no entanto, ardeu um veiculo ligeiro e há também registo de alguns anexos em madeira. dentro de alguns quintais, que também arderam.

Entrados no período de rescaldo iniciou-se uma fase de reabilitação e  “como não podemos baixar a guarda e não o vamos fazer” as medidas de prevenção vão contar com o reforço das forças armadas, com 3 pelotões de militares, mantendo-se o dispositivo terrestre dos bombeiros e o apoio das forças de segurança.

As estradas nacionais 247 e a 9-1 já não se encontram cortadas, estando, no entanto, condicionadas. A estrada que liga o Guincho à Malveira da Serra mantém-se fechada nos dois sentidos.

No local estão agora 454 meios terrestres apoiados por 121 veículos.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados