A Região Oeste vai ter um Geoparque

Foi criada, em finais de Setembro, a Associação Geoparque Oeste – AGEO. Fundada pelo Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã, pela Sociedade de História Natural de Torres Vedras, pela Universidade Nova de Lisboa e por 4 signatários a título individual a associação tem como objecto a “preservação, conservação, valorização, divulgação e dinamização do património natural e cultural, com especial ênfase no património geológico, numa prespectiva de aprofundamento e divulgação do conhecimento cientifico, fomentando a educação, o turismo e o desenvolvimento sustentável das populações e do território”.

A Associação foi constituída com vista a “assegurar as condições de viabilidade e desenvolvimento do Geoparque Oeste – Terras do Jurássico” de modo a avançar com uma candidatura do Geoparque Oeste a Geoparque Mundial da UNESCO.

A associação irá divulgar, até ao final deste ano, quais serão as principais iniciativas a implementar no ano de 2019.

Os municípios envolvidos na criação deste Geoparque são: Bombarral, Lourinhã, Óbidos, Peniche e Torres Vedras.

 

Os Geoparques Mundiais da UNESCO são áreas com património geológico de relevância internacional cuja conservação é essencial para garantir o progresso das geociências e o conhecimento sobre a origem e evolução da biodiversidade. A atribuição desta designação estimula a criação de iniciativas inovadoras a nível local, de novos postos de trabalho e de cursos de formação de alta qualidade, enquanto novas fontes de receita são geradas através do geoturismo e os recursos geológicos são protegidos.

 

[Imagem: CMTV]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados