16 de Setembro | Dia Mundial para a Preservação da Camada do Ozono

A Camada de Ozono é um escudo que assegurar a vida na Terra, ela protege, com a sua capacidade de absorver grande parte da radiação ultravioleta, radiações que podem provocar efeitos nocivos ou mesmo letais nos seres vivos.

O Dia Mundial para a Preservação da Camada do Ozono foi criado em dezembro de 1994 criada pela Assembleia-Geral das Nações Unidas. A data escolhida deve-se ao facto de em 16 de setembro de 1987 ter sido assinou o Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Prejudicam a Camada de Ozono.

O objectivo da celebração deste dia é alertar consciências para a destruição da Camada de Ozono e para a necessidade de procurar soluções para a protege.

Um estudo, online, da multidados realizado entre 31 de Agosto e 11 de Setembro de 2018 revelou que:
– 85,6% dos portugueses acreditam que uma das consequências poderá ser a destruição de colheitas
– 92,3% acreditam que também poderá afetar o desaparecimento de alguns seres vivos e espécies
– 87,5% afirmam que os efeitos se poderão sentir na alteração das cadeias alimentares
– 89,4% acredita ser a cegueira uma das consequências da destruição da camada do ozono
– 56,7% acreditam também em cegueira
– 75% acreditam no enfraquecimento do sistema imunitário.

Relativamente as medidas indispensáveis para a conservação da camada do ozono os portugueses responderam relativamente à reciclagem:
– 75,0%, a preferência por produtos que respeitem o ambiente
– 74% e a redução do consumo de plásticos e embalagens

São ainda referidas como acções preventivas:
– a plantação de árvores (70,2%),
– a trocar de sprays por rol on ou stick (69,2%),
– a redução de viagens de carro (40,4%),
– a troca de lâmpadas convencionais por florescentes (35,6%)
– desligar dos aparelhos eletrónicos quando não utilizados (24,0%).

A NASA revelou que no final de 2017 o “buraco da camada de ozono sobre a Antárctida teria encolhido para o menor tamanho desde 1988”.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados