S. Lourenço | Patos já têm água – comparação com caso de sem abrigo (humano) na Ericeira

Ericeira, sem abrigo vive na rua em vão de garagem, este artigo foi publicado pelo Jornal de Mafra a 16 de Janeiro deste ano do senhor de 2018, dando conta de uma situação que se prolongava há já 6 meses.

A 23 de Julho deste mesmo ano do senhor de 2018, às 13:30, num texto colocado no fecebook por uma habitante do concelho, pode ler-se:

“…Temos centenas de patos e gansos a beira de morrerem por falta de agua. Onde tinhamos um rio junto a praia de Sao Lourenco (Ericeira), deixou de haver, porque os agricultores resolveram fechar o rio, para usarem a agua para as regas deles. Tenho ido todas as manhas dar de comida as aves para nao morrerem de fome, mas precisam de agua. Habitualmente nao devem deixar de ter agua maximo 8 horas, e desde ontem que esta este triste panorama. Ja houve crias que ficaram atoladas no lodo, e nao se mexeram mais.

Esta situação foi também tema de artigo no Jornal de Mafra, datado também de 23 de Julho – São Lourenço | O rio Safarujo está morto e a comunidade de patos segue o mesmo caminho.

A 25 de Julho, ou seja, 2 dias depois, as autoridades reagiram, e bem, ao problema que afectava a comunidade de patos e a água jorrou novamente até à foz do rio Sarafujo, no mar da praia de S. Lourenço. Será caso para dizer, Sem abrigo 180 (dias) – Patos 2 (dias), ganham os patos. Ficamos à espera da próxima jornada.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados