Dia Mundial da Hipertensão | Mais de um terço dos portugueses têm hipertensão

Hoje é dia Dia Mundial da Hipertensão. Dia cujo objectivo é “divulgar a importância da prevenção, da deteção e do tratamento da hipertensão”.

Segundo os resultados do Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico (INSEF), mais de um terço dos portugueses sofre de hipertensão, 2,4 milhões de portugueses têm hipertensão, sendo os homens mais afectados que as mulheres.

O inquérito realizado pelo Departamento de Epidemiologia do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge  “estudou 4.911 pessoas, na sua maioria em idade ativa (84,3% com idade entre os 25 e os 64 anos), cerca de três quintos (63,4%) dos quais «sem escolaridade ou com escolaridade inferior ao ensino secundário» e 11,2% desempregados.”

Deixamos-lhe aqui alguns dos números deste inquérito.

A hipertensão é mais frequente nos homens:
40% homens
32% mulheres

Afecta:
62,6% da população com «nenhuma escolaridade ou com o primeiro ciclo»
15,5% da população com «ensino superior»

70% da população acima dos 65 anos têm hipertensão
6% da população entre os 25 e os 34 anos têm hipertensão

65% são reformados, domésticos ou estudantes
30% são desempregados
24,7% são empregados

No estudo, além da medição da tensão arterial, foi considerada a toma de medicamentos para a hipertensão nas duas semanas anteriores à entrevista.

 

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) explica o que a tensão arterial “resulta da pressão que o sangue exerce sobre as paredes das artérias. Vários fatores, de cariz genético ou ambiental, contribuem para o aumento da tensão, podendo culminar em hipertensão arterial.” E relembra que “a hipertensão arterial potência o risco de ataques cardíacos, derrames cardiovasculares e insuficiência renal. Pode ainda causar cegueira, irregularidades do ritmo cardíaco e insuficiência cardíaca. O risco de desenvolver estas complicações é maior na presença de outros fatores de risco cardiovasculares, tais como a diabetes.”

A pressão arterial elevada pode ser prevenida e tratada, para isso basta que se adoptem hábitos de vida saudáveis tais como:

  • Reduzir a ingestão de sal;
  • Optar por uma dieta equilibrada;
  • Evitar o uso nocivo do álcool;
  • Praticar actividade física de forma regular;
  • Manter um peso corporal saudável;
  • Evitar o uso de tabaco.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment