Sintra e Torres Vedras na mira da reestruturação da Rede de Cuidados de Saúde da ARSLVT

O programa na área da saúde do governo estabeleceu como prioridades “promover a saúde através de uma nova ambição para a saúde pública” e “defender o Serviço Nacional de Saúde (SNS)”. Neste contexto, o plano de reestruturação da Rede de Cuidados de Saúde na Região de Lisboa e Vale do Tejo (RLVT) pretende “aumentar a capacidade de resposta dos hospitais da região em termos de atividade programada e não programada, nomeadamente nas situações de urgência e emergência e no internamento hospitalar para as especialidades médicas, e que contribua para o reforço da articulação e do trabalho em Rede de todas as entidades prestadoras de cuidados de saúde que integram o SNS na região.”

A reestruturação e requalificação da rede de cuidados de saúde da ARSLVT prevê:

No Concelho de Sintra
– A construção do Hospital de Proximidade de Sintra, que irá integrar o futuro Centro Hospitalar Professor Doutor Fernando Fonseca
– A requalificação da Urgência do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, reclassificando-a para polivalente.

O novo Hospital de Proximidade de Sintra, conta com a parceria do Município de Sintra e o concurso para o projecto já se encontra em curso.

No Concelho de Torres Vedras:
– A requalificação do Serviço de Urgência do Hospital de Torres Vedras do Centro Hospitalar Oeste

Segundo dados da ARSLVT, em 2017, os hospitais deste grupo asseguraram a realização de cerca de 2.300.000 episódios de urgência, 4.380.000 de consultas externas, 223.000 cirurgias, e trataram, no internamento, mais de 314.000 cidadãos.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados