31 de Março | Dia Nacional do Doente com AVC (acidente vascular cerebral)

Dia Nacional do Doente com AVC (acidente vascular cerebral)
por Ana Quintela

 

O AVC continua uma das principais causas de morte em Portugal, pelo que desde 2003 que no dia 31 de Março é comemorado o Dia Nacional do Doente com AVC de forma a sensibilizar a população para a doença.

O AVC, seja isquémico ou hemorrágico, é caracterizado por uma falha na irrigação sanguínea no cérebro, o que leva à morte das células, causando défices neurológicos. Em primeiro lugar é importante adoptar comportamentos preventivos, tratando doenças como a hipertensão, a hipercolestrolemia e a diabetes, e optar por uma estilo de vida mais saudável evitando o tabaco, o álcool e o sedentarismo.

Quando se trata de um AVC a janela terapêutica é estreita, ou seja, o socorro do doente deve ser feito o mais rapidamente possível de forma a garantir a eficácia dos tratamentos, permitindo um prognóstico mais favorável.

 

Aja depressa! Aprenda a identificar os sinais de alerta.

  • Desvio da face – quando um lado do rosto está mais descaído ou dormente. Peça à pessoa que sorria e verifique se o sorriso está uniforme nos dois lados.
  • Falta de força num braço – quando um braço está mais fraco ou dormente. Peça para elevar os dois braços e verifique se sobem os dois.
  • Dificuldades na fala – quando existe confusão e dificuldade em falar. Pode pedir que repita uma frase simples e verifique se o discurso está arrastado e se existe dificuldade em articular as palavras.

 

Ligue 112 – Se alguém tem algum destes sintomas, mesmo que desapareçam, telefone imediatamente para o 112. Ainda que esteja na dúvida, telefone. Não perca tempo!

 

Mais sintomas:
Dificuldade na visão, em ambos os olhos; perda de coordenação e equilíbrio com tonturas e dificuldade em andar; dormência da face, braços, pernas; dor de cabeça forte e súbita.

 

[Imagem: SNS]

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados