Sintra e Torres Vedras aderiram à Hora do Planeta 2018

Amanhã entre as 20h30 e as 21h30 realiza-se mais uma edição da Hora do Planeta, um evento da WWF.

Esta iniciativa global ocorreu pela primeira vez em Sydney em 2007 e no ano passado (2017) segundo a WWF uniu 180 países e territórios, e a mais de 9000 cidades e vilas.

No nosso país, “ficaram às escuras”, aderindo a esta iniciativa 145 municípios e centenas de monumentos emblemáticos nacionais tais como a Ponte 25 de Abril, o Mosteiro dos Jerónimos e o Cristo Rei, a Igreja de S. Sebastião em Cuba, A Ponte D.Luiz I, no Porto, Museu Romano em Sicó, Castelo de Sabugal, de Bragança e o de Abrantes, a Igreja Matriz do Alvito e de Santa Cruz, o Santuário do Bom Jesus, em Braga ou o Forte de Santa Catarina nas Lajes do Pico.

Amanhã mais uma vez estão todos convidados, indivíduos, empresas, governos e comunidades, a desligarem as suas luzes durante uma hora.

Até ao momento aderiram, à Hora do Planeta 2018, 110 municípios portugueses entre eles Sintra e Torres Vedras.

Até ao momento alguns dos Monumentos Aderentes da edição deste ano são: Santuário Cristo Rei, Castelo São Jorge, Torre de Belém, Mosteiro dos Jerónimos, Moinho das Castanholas, Moinho das Castanholas, Palácio do Infantado, Museu do Mar em Cascais, Castelo de Guimarães, de Pombal, de Silves e de Figueira de Castelo Rodrigo, Monumento Imaculado Coração de Maria (Praia Vitória), Santuário do Sameiro e do Bom Jesus, Torre do Relógio (de Vilda Alva, de Figueira da Foz e Pombal), Casa Amarela (Viseu), Palácio Visconde de Valdemouros, Ponte D. Maria, Convento S. Francisco (Santarém), Castelo Santa Maria da Feira, do Sabugal, de Vilar Maior, de Sortelha, de Bragança e de Abrantes, Ponte D. Luiz (Porto) e Sé, Museu Romano em Sicó, Fonte de Santa Catarina (Lajes do Pico), e muitos mais.

 

[Imagem WWF]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados