Precipitação, Vento e Agitação Marítima para os próximos dias

Nos próximos dias são esperados chuva, vento e agitação marítima. Para o distrito de Lisboa está emitido um aviso laranja para a Agitação Marítima.

Por causa da Agitação Marítima, a Polícia Marítima de Cascais (PMC) alerta para a previsão de “novo agravamento das condições meteorológicas no mar (…) com especial incidência nos dias 09, 10 e 11 de março, a qual merece atenção”.

A previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para o estado do mar nos próximos dias levou a emissão dos seguintes alertas para o distrito de Lisboa:

Amarelo – Agitação Marítima
Ondas de sudoeste com 4 a 5 metros.
Válido entre 2018-03-09 20:59:59 e 2018-03-10 17:59:59 (hora UTC)

Laranja – Agitação Marítima
Ondas de sudoeste com 5 a 7 metros, podendo atingir 12 metros de altura máxima, passando gradualmente a ondas de noroeste.
Válido entre 2018-03-10 17:59:59 e 2018-03-11 14:59:59 (hora UTC)

 

Dadas estas previsões, a PMC, e de modo a prevenir acidentes na orla marítima, alertar para a “adoção de uma atitude prudente” evitando “comportamentos de risco, como sejam passeios junto à linha de água e nas zonas de maior risco dos molhes e paredões”.

Aos proprietários de equipamentos que se encontrem perto da linha de água a recomendação da PMC é para o “reforço das amarrações e vigilância apertada das embarcações”.

Na Ericeira, a Barra do Portinho da Ericeira está fechada a toda a navegação e as zonas de maior risco são o Portinho da Ericeira, Furnas e Praia do Sul.

Em alerta vão continuar “os elementos do Comando-local da Policia Marítima de Cascais, Posto de Fiscalização da Ericeira, Estação Salva-vidas de Cascais e Estação Salva-vidas da Ericeira têm estado em elevado estado de prontidão e alerta, para fazer face às diversas ocorrências que têm sido reportadas, prevenindo e reagindo à passagem das condições adversas meteorológicas vigentes.”

 

A par da Agitação Marítima a chuva e o vento deixaram o distrito de Lisboa sob os seguintes avisos:

Amarelo – Precipitação
Períodos de chuva, por vezes forte e persistente, e acompanhada de trovoada.
Válido entre 2018-03-09 07:11:00 e 2018-03-10 05:59:59 (hora UTC)

Amarelo – Vento
Rajadas ate 85 km/h, em especial no litoral.
Válido entre 2018-03-09 07:11:00 e 2018-03-09 23:59:59 (hora UTC)

Amarelo – Vento
Rajadas ate 85 km/h, em especial no litoral.
Válido entre 2018-03-10 14:59:59 e 2018-03-11 20:59:59 (hora UTC)

 

Autoridade Nacional de Proteção Civil alerta para os efeitos expectáveis e para as medidas preventivas.

Efeitos expectáveis
Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:
 Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo;
 Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências
dos sistemas de drenagem;
 Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas mais vulneráveis;
 Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;
 Danos em estruturas montadas ou suspensas;
 Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais mais vulneráveis;
 Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte;
 Possíveis acidentes na orla costeira;
 Fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

Medidas preventivas
A ANPC aconselha a adoção de comportamentos adequados por parte da população como forma de mitigar o efeito do mau tempo na normalidade de vida das pessoas, designadamente nas zonas historicamente mais vulneráveis do território.
 Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
 Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias;
 Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
 Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
 Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte;
 Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando se possível a circulação e permanência nestes locais;
 Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima;
 Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados