Torres Vedras | Foi aprovada a candidatura para preservação do ruivaco-do-oeste

A Câmara de Torres Vedras apresentou ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos – POSEUR a candidatura “Ruivaco-do-Oeste – Gestão Ativa da Espécie e do Ecossistema”. Esta candidatura foi aprovada na sua totalidade pela Comissão Diretiva do POSEUR,  decorrendo esta operação até ao final de 2020.

Entre os obecjctivos da candidatura apresentada estão “a promoção da gestão ativa da espécie de peixe dulçaquícola Achondrostoma occidentale, conhecido por Ruivaco-do-Oeste, e do seu ecossistema ripícola circunscrito aos rios Alcabrichel e Sizandro, através de ações que contribuem para a criação de corredores ecológicos favoráveis à movimentação da espécie” e ainda “recuperar os ecossistemas e manter as suas funções num contexto de alterações climáticas, reduzir a degradação e destruição das galerias ripícolas em especial nas áreas mais vulneráveis e minimizar o risco de extinção da espécie”.

O investimento é de 183.846€ sendo 84,9% comparticipados pelo Fundo de Coesão e os restantes 15,1% financiados pelo Município de Torres Vedras.

“A operação inclui despesas relativas à requalificação biofísica e paisagística de 7 troços dos rios Alcabrichel e Sizandro que envolve a remoção de infestantes, limpezas das margens e dos leitos, consolidação e estabilização das margens, execução de açudes galgáveis, estacarias e plantações de espécies autóctones e a elaboração do Plano de Requalificação Biofísica e Paisagística para ambos os rios. “

Estas acções vão “promover um aumento da resiliência desta espécie aos efeitos das alterações climáticas, contribuirão para a criação de corredores ecológicos favoráveis à sua movimentação ativa ou passiva e promoverão a recuperação dos seus habitats e a manutenção das suas funções num contexto de alterações climáticas”.

 

[Imagem: CMTV]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados