OPINIÃO POLÍTICA | Alexandre Seixas – Ainda pelos princípios e pelo caminho

Ainda pelos princípios e pelo caminho

 

Um dos compromissos do Partido Socialista é sempre e em primeiro lugar, com as pessoas. É esse o primeiro pilar, num bem elaborado instrumento de trabalho coletivo, que devemos reforçar na ação do dia a dia.

São as pessoas que justificam e são a razão de ser da política.

A sustentação de qualquer Sociedade são as suas gentes, são as suas Pessoas. Esta perspetiva tem sido, por isso, uma preocupação primordial desde a fundação do Partido Socialista, estando presente na sua Declaração de Princípios, e constituindo uma prioridade em todas as suas bases programáticas, moções e programas de Governo.

«Os valores da liberdade, da igualdade e da solidariedade constituem uma exigência moral que sempre tem orientado o pensamento e a ação socialista.

As lutas contra a exploração, contra a opressão, contra os privilégios no acesso aos bens de cultura e do espírito, contra todas as formas de injustiça e discriminação, contra o fatalismo e todas as formas de submissão que negam ou diminuem o papel do ser humano como sujeito da história, fizeram-se e fazem-se em nome destes valores»

É ao nível da Freguesia, do Município e do Concelho que as Pessoas representam o elo mais importante na perpetuação da sua identidade, dos seus costumes e tradições, da sua história. São as Pessoas e com as Pessoas que se constroem os lugares. Lugares esses que proporcionem bem-estar e é, por isso, que o Partido Socialista acredita seriamente na relação entre autarquias e Pessoas. Uma relação que importa aprofundar e para a qual o nosso compromisso é o de continuar a trabalhar diariamente para encontrar as melhores soluções e propostas para responder às necessidades de cada uma das Freguesias que compõem o Concelho de Mafra.

Importa assegurar que todas as Pessoas tenham as condições condignas de vida, e por isso a Ação Social é a primeira das nossas prioridades. Mas este objetivo não pode ser alcançado sem que se tenham em verdadeira consideração os outros aspetos que muito influenciam a vida das Pessoas: o acesso à Educação, à Saúde, ao Emprego e às Infraestruturas como os transportes, as vias rodoviárias, os espaços de lazer (centros culturais, pavilhões desportivos, zonas de recreio, piscinas, etc.), as estruturas de apoio a jovens e a idosos (Centros de Dia, Lares), o comércio local, entre outros.

O Concelho de Mafra encontra-se com um nível de crescimento superior àquele que se encontrava há 10 ou 15 anos, embora, visivelmente, esse crescimento tenha ocorrido de forma desequilibrada. Nesse processo principalmente ao nível dos grandes aglomerados habitacionais, a construção foi uma prioridade quase exclusiva não tendo sido dada a devida atenção às necessárias infraestruturas para responder às necessidades das Pessoas que há muito fazem parte da nossa terra, bem como àquelas que, nos últimos anos, se transferiram para o nosso concelho.

 

O Partido Socialista acredita no crescimento, mas também no desenvolvimento. O bem-estar das Pessoas é uma prioridade e a sua concretização só pode ser conseguida com o envolvimento das Pessoas.

O PSD em Mafra, em todos estes anos de poder, falhou em muitos destes aspetos. Quase sempre e em grande parte porque se entreteve e entretém numa dança de cadeiras adstritas ao poder, que em boa verdade só confirmam que “o rei vai nu”. Mas em textos futuros, depois de explicados os nossos compromissos, haverá hipótese de mostrar à saciedade a má e redundante política dos edis (e partido) que têm governado Mafra.

 

(texto parcialmente baseado e adaptado do documento “Uma Visão, Um Compromisso”)

Alexandre Seixas, fevereiro de 2018

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados