Filarmónica Cultural Ericeira tem nova equipa de direcção

Na passada 6ª feira teve lugar a Assembleia Geral extraordinária da Filarmónica Cultural Ericeira da qual fazia parte a eleição dos novos Corpos gerentes. A sessão terá contado com cerca de 70 pessoas, entre elas cerca de 60 sócios.

A eleição – prato forte desta assembleia – foi disputada por duas listas. Uma liderada pelo presidente Carlos Barroca, que se recandidatou e a outra lista encabeçada por João Ganhoteiro Silva. Saiu vencedora, por 9 votos a lista encabeçada por João Ganhoteiro Silva, um jovem que assume assim a direcção desta instituição.

O JM falou hoje com o presidente eleito acerca destas eleições e do futuro que espera a Filarmónica Cultural Ericeira.

A direcção agora eleita tinha em vista dar continuidade ao trabalho do maestro, com alguns ajustes, nomeadamente, salariais, no entanto, o Maestro Manuel Rua, no final da eleição pediu a palavra e informou que iria pedir a sua demissão. Assim, a actual direcção já se encontra em negociações com um novo maestro, um maestro residente no Concelho de Mafra, embora João Ganhoteiro Silva, se tenha recusado, para já, a adiantar o seu nome.

A nova direcção vai agora renegociar a divida junto do banco, rever os estatutos, que já vêm desde 1987, e solicitar a uma empresa de contabilidade, uma auditoria externa, de modo a conhecer a verdadeira situação financeira da associação, salvaguardando assim o seu futuro e permitindo à direcção eleita tomar as medidas que se imponham.

João Ganhoteiro Silva irá contactar os músicos que se afastaram da banda, de modo a poder contar novamente com a sua colaboração. Pretendem também contactar com outras associações do Concelho ligadas à música, com a paroquia, com a CM Mafra e com a Junta de Freguesia.

Na próxima 4ª feira a nova direcção irá reunir-se, podendo aí surgir as primeiras medidas destinadas a recuperar a imagem e a saúde da gestão desta associação.

 

[Imagem de João Ganhoteiro Silva]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados