ORIGEM DO SER BANNER1-entre-artigos


Chakra da Raiz – 1º Chakra

Em sânscrito, é Muladhara, que significa “Base de Apoio”.
A sua  cor é o vermelho.
Seu mantra é LAM.

Localiza-se na base da coluna vertebral, na altura do cóccix, e rege a  nossa relação com a terra, os instintos primitivos, a vontade de viver, vitalidade, a relação com o que é material, é onde se localiza a energia da Kundalini.
Quando bem equilibrado, ele traz a ação, motivação, força de vontade e perseverança para atingir os objetivos.
É o primeiro dos três chakras físicos, ou seja, aqueles que determinam a nossa relação com a matéria e as pessoas a  nível físico.

Esse chakra relaciona-se, também, à habilidade de ganhar dinheiro, à energia criativa, aquela que começa a tomar forma, antes de ser concretizada.

É a energia da paixão, do sexo, a criação em nível primitivo, a energia da terra.

O chakra Básico é aberto para baixo, em direção ao solo.

É a principal conexão energética do ser humano com o planeta, com a terra.

Relaciona-se com a sobrevivência e com as energias física e sexual

Físicamente, ele rege os ossos, útero ( mulheres), próstata (homens), coluna vertebral, região lombar, membros inferiores, intestino.

O que significa que algum sintoma envolvendo esses pontos da anatomia, pode indicar uma disfunção no chakra.

Não ativado corretamente, ele causa sentimentos de depressão, desmotivação, sonolência, tendências ao suicídio, sexualidade reprimida, entre outros sintomas.

Hiperativado, ele pode ocasionar, por exemplo, hiperatividade, inquietação, insônia ou mesmo como um excesso de identificação com o mundo material, sexualidade desenfreada.
Doenças relacionadas a ele: depressão, dores na região lombar, problemas na coluna, esterilidade, problemas uterinos (envolvendo, inclusivamente, desequilíbrios no fluxo menstrual e cólicas), problemas como o intestino preso.

Funcionamento de  forma equilibrada e positiva,  as suas qualidades são:

Forte conexão com a Mãe Terra, trazendo energia da terra para o sistema.

  • Vontade de viver.
  • Vitalidade; energia física e sexual.
  • Capacidade de gerar vida, potência sexual (reprodução).
  • Capacidade de fixação no plano terrestre através do corpo.
  • Coragem para enfrentar a vida.
  • Ligação com o mundo material.
  • Conexão com os instintos.
  • Capacidade de encontrar atividades adequadas.
  • Conexão com a realidade.
  • Capacidade de produção e concretização de objetivos.

Algumas técnicas para o activar, poderão ser a Meditação, o Reiki ou o Yoga, entre outras.

artt

Publicado em 10 de Junho 2016

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!