15 MAI 2017 | Destaques | JM

 

“Amanhã, dia 16 de maio, a Quercus, o MARE-ISPA, o Aquário Vasco da Gama e a Faculdade de Medicina Veterinária vão proceder à libertação no meio natural de cerca de quatrocentos peixes reproduzidos em cativeiro, numa ação que ocorrerá no rio Alcabrichel, em Ramalhal, Torres Vedras. Os peixes a libertar pertencem à espécie ruivaco-do-oeste (Achondrostoma occidentale), espécie em perigo de extinção.” (Quercus)

O Ruivaco-do-Oeste (Achondrostoma occidentale) é uma espécie endémica de peixe de água doce, exclusiva de Portugal e que existe em 3 rios entre Mafra e Torres Vedras: rios Sizandro, Safarujo e Alcabrichel.

Já em Maio do ano passado aconteceu uma acção de largada de ruivacos-do-oeste, no rio Safarujo (Rio do Sobral, Mafra). Este ano serão libertados cerca de 400 peixes, ruivacos-do-oeste, no rio Alcabrichel.

Esta acção de repovoamento de ruivacos-do-oeste no rio Alcabrichel, contará com a presença da Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza e do Presidente da Câmara de Torres Vedras.

 

Data: 16 de Maio
Hora: 17h00
Local: Largo 1º de Maio (centro da povoação), junto ao coreto, na localidade de Ramalhal – Torres Vedras

 

 

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!