01 Jul 2017 | Cultura & Lazer | JM

Praia de Ribeira d’Ilhas

 

Entre baías e rochedos, o Concelho de Mafra conta com 13 praias ao longo dos seus 11 Km de costa. De Norte para Sul, vamos dar a conhecê-las uma a uma.

 

A Praia de Ribeira D’Ilhas faz parte da Reserva Mundial de Surf da Ericeira e localiza-se a cerca de 3,5 km da Vila da Ericeira.

Encaixada entre arribas altas, Ribeira d’Ilhas é uma das praias mais emblemáticas de Portugal para a prática do surf devido à qualidade das suas ondas. Recebe, há já alguns anos, etapas do campeonato mundial de surf (WQS).
A sua configuração natural, em forma de anfiteatro, proporciona excelentes ângulos de visão para público e fotógrafos.

Desagua na Praia, o curso de água que lhe dá o nome, a Ribeira d’Ilhas.

O miradouro da praia, conhecido por “sala de visitas do surf português”, recebeu em Março deste ano uma estátua, o “Guardião da Reserva Mundial de Surf da Ericeira”.

 

Bandeira Azul: Sim
Qualidade de Ouro: Sim
Praia vigiada: Praia vigiada com nadador-salvador e sistema SOS Praia
Acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida: Sim
Actividades e serviços: Aluguer de toldos/chapéus de Sol, Duches, Parque de estacionamento, Bar e Restaurante, balneários, instalações sanitárias, posto de primeiros-socorros, passadiços de acesso.
Actividades Desportivas: Surf e Bodyboard

Coordenadas GPS: N 38 º 59, 29314’ O 9 º 2515152’


Para os praticantes de surf, aqui ficam alguns informações sobre as ondas de Ribeira d’Ilhas.
Com ondulação de W/NW chega a proporcionar “corridas” com mais de 200 metros de comprimento.

Tipo de onda: direita comprida
Tipo de fundo: rochas e recife
Condições de maré: todas as marés
Condições de ondulação: todas as ondulações – condições ideais com O/NO
Condições de vento: de qualquer quadrante – condições ideais de SE a NE
Consistência: + + + + +
Ângulo de rebentação: 55º
Comprimento da linha de rebentação: 150 a 300 metros
Altura das ondas: 0,5 a 3,5 metros
Tipo de rebentação: progressiva/mergulhante

Nível de prática LIVRO7: 4 – Surfistas habilitados a executar take-offs logo de lado, num só movimento, para a direita e para a esquerda, em ondas não rebentadas, e com capacidade de suportar quedas em ondas poderosas de até um metro.

 

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!