11 MAI 2017| | JM


O Município da Mafra, no âmbito do processo do contrato de concessão da exploração e gestão do sistema de captação tratamento e distribuição de água e do sistema de recolha tratamento e rejeição de efluentes do concelho de Mafra, identificou a necessidade de contrair dois empréstimos bancários de médio e longo prazo, pelo prazo de 15 anos, destinados ao financiamento:

 – dos custos do resgate da concessão , no montante de € 7.116.224,00 (sete milhões cento e dezasseis mil duzentos e vinte e quatro euros);

- do programa de investimentos na rede de água e saneamento do Município , que comportam também a remuneração à concessionária da reversão da concessão , no montante de € 15.000.000,00 (quinze milhões de euros).

Para a concessão dos empréstimos acima revelados, a Câmara Municipal de Mafra consultou vários bancos, tendo recebido propostas  das seguintes entidades bancárias:

- Banco BIC
– BPI
– Banco Santander Totta

Verificados os pressupostos destas propostas de financiamento, a CMM decidiu-se pela contratação do empréstimo ao BPI, com um spread de 1,40 %.

Pub

Achou este artigo interessante, partilhe-o com os seus amigos!

VISITE TAMBÉM A PRIMEIRA PÁGINA DO JORNAL DE MAFRA

Partilhe com os seus amigos!